Me Divorciei e me Arrependi.

Quando Santiago me traiu fiquei arrasada, foi 1 choque. nosso casamento estava bem, sem nenhuma crise ou briga mais séria. fiquei sem entender nada. mesmo contra nossa vontade, quando alguma coisa dá errado no casamento, nós mulheres sempre ficamos com uma incômoda sensação de que fizemos alguma coisa errada, que não tivemos a "devida competência para segurar 1 homem". a gente mexe, revira tudo e não encontra nada de errado. demora para percebermos que é cafajestice mesmo.
Íris, 47 anos.
Divorciada.
Não podia admitir uma traição assim, sem mais nem menos jogada na minha cara. era orgulhosa demais para aceitar calada e fingir que nada aconteceu. tinha perdido a confiança totalmente. não iria conseguir ficar em casa esperando, olhando para o relógio e pensando "para onde ele foi?, ou de onde veio?. com quem está/estava?"  pedi o divórcio.
Como me arrependo amargamente dessa decisão.
Os anos tiram da gente a juventude mas em compensação dão sabedoria e experiência. experiência essa que não tive na época para segurar meu casamento. se eu soubesse na época o que sei hoje, não teria me divorciado.
No começo fiquei muito chateada e acabei me isolando de todos. não saia, dava desculpas para não ver nem receber amigos. minha vida tinha se tornado casa e trabalho. depois de muito tempo, convencida pelas amigas que insistiam em me arrumar homem, comecei a sair. não sei se é cisma minha, mas os homens de hoje me dia vão com muita sede ao pote, não sabem conversar e já querem logo levar para cama. gente que você nem conhece e já quer te agarrar. eu não aceito isso não! para mim tem que ter respeito, carinho e o principal, conquista. é assim que se começa 1 relacionamento. acho que por ser exigente demais, o tempo foi passando, passando e eu ficando sozinha. acho que acabei acostumando a ficar assim. quando era casada, eu era feliz e não sabia.
Por isso meu conselho à todas as mulheres é: ao serem traídas, perdoem!
Chifre é melhor que solidão.

Enviado por: Íris.
Imagem: julearauju.blogspot.

5 comentários:

Anônimo disse...

Discordo! eu perdoei traição e fui infeliz por mais de dez anos. Traia p me vingar,e não tirei nada de bom nessa experiencia.Apos me separar,me tornei uma pessoa muito mais feliz.Sozinha e feliz..Antes só do q mal acompanhada!!!

Ana Clara Barros disse...

Falta-lhe amor próprio, perdoar chifre??? affffff!!! de jeito nenhum. Se sente sozinha arranja uma amizade colorida! Mas nao aceito chifre, olha a AIDS, o HPV...

Jorge disse...

Por aqui até existe um ditado que diz "um homem sem cornos é como um jardim sem flores!"

Não à Sida que resista a um resistente preservativo...

Danadinha disse...

Perdoaria, trairia escondido e faria cara de vítima perante a sociedade!

Anônimo disse...

Nem morta sua puta!Isso lá é conselho que se dê vc não tem experiência nem moral para dar conselho.Vc teve um casamento é uma traição e acha q pode aconselhar alguém?preste atenção! Ainda mais com um conselho de bosta desse.Tu é uma vagabunda inconformada que nasceu pra ser corna com esse seu pensamento medíocre.Vá se fuder!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...