Fui Sequestrada pelo Ex.

Eu tinha 19 anos quando conheci Carlos (47). 
Ele era casado, mas jurava me amar. entre idas e vindas foram 2 anos. ele não aceitou o fim e me sequestrou.
Me chamo Úrsula.
Ele era gentil, cavalheiro, romântico e eu era meiga, ingênua e muito carente. acreditava que casaríamos. nos falávamos por uma hora no telefone diariamente. 
Na cama eu fazia tudo o que ele queria, desde fotos, sadomasoquismo, posições diferentes e até no carro, mas apenas eu e ele. depois fui percebendo que eu era apenas uma brincadeira e que ele não tinha ciúmes, então resolvi cair fora, queria uma família. comecei a namorar sério outro e sumi, foi aí que ele começou a me ligar 100 vezes no dia e mandar 2 e-mails também. eu nunca atendia, então ele resolveu me perseguir e 1 dia quase me atropelou, me pôs à força no carro e me amarrou com o cinto de segurança. me levou para 1 motel num outro município que eu desconhecia. 
Ele agia descontroladamente mas ao mesmo tempo extremamente carinhoso e com juras de amor. escondeu minha bolsa no carro e me jogou pelada na cama. não tive outra opção a não ser ceder e ficamos lá por 1 hora. fiz ele acreditar que tínhamos voltado e depois ele me deixou quase na porta de casa.
Desde esse dia por uns 3 meses passei a andar escoltada pela minha família e não atendia os telefonemas dele. logo depois me casei e fui morar em outro bairro e troquei o número do telefone. 
Durante 3 meses ele ainda me procurou no número da casa dos meus pais, mas depois se viu obrigado a me esquecer.   


Enviado por: Úrsula.
Imagem: google. 

4 comentários:

Lynce disse...

Na blogosfera existe um grupo de quatro ou cinco blogues pelos quais tenho o maior respeito, simpatia, admiração e onde obviamente, vos incluo. Por isso devo-te uma explicação e ao mesmo tempo um sentido pedido de desculpas por este abandono não definitivo, repito, não definitivo da blogosfera. Espero que me compreendam, mas contrariamente ao que aparento, sou um gajo frágil que não suporta o insulto e que lida muito mal com a humilhação, mas quando alguém granjeia atenção, infelizmente não recebe apenas aquela que é boa, mas atrai atenção de toda a espécie.
Como já repararam, eliminei os meus blogues e os emails que os suportavam. A razão é simples, nunca na minha vida fui tão humilhado, maltratado e insultado, umas vezes por email, outras através de comentários deixados no próprio blogue. De repente o ambiente de boa-disposição, humor, discussão racional e saudável transformou-se num campo de batalha em que insulto proliferava e onde a defesa da bandeira parecia justificar tudo. Parecia quase uma guerra de claques de futebol.

Porque gosto imenso de vos ler faço questão de dizer-vos que vou continuar a andar por aqui, a ler este espectacular blogue, umas vezes em silêncio e outras nem tanto.

Continuem assim, que este blogue é sem duvida, dos melhores que se faz por esta blogosfera fora!
Uma abraço

Ana Clara Barros disse...

???

Anônimo disse...

Eu fui kumida e ele abandonado. kkkkkkkkkkkkkkk
Conheci ele na internet, todo cuidado é pouco gnt!
Ursula

Leocádia Joana disse...

Siempre te amarei, Lynce!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...