Meu Marido Quebrou a Garrafa de Cerveja na Minha Cara.

Odair me culpa por não ter aceito 1 emprego em São Paulo. não deixei, estávamos com quase 4 anos de namoro e planos de casar quando surgiu essa vaga para ele. chorei, esperniei, abracei ele bem forte e disse que se ele fosse eu não aguentaria. se ele aceitasse aquela vaga estaria tudo acabado entre nós, pois eu não esperaria.
Por minha causa ele não foi e perdeu a oportunidade da vida dele. mas qual mulher apaixonada não teria feito o que eu fiz se estivesse em meu lugar? estava apenas lutando por amor.
Antes ele tivesse ido, hoje estaria bem melhor nos braços de outro.
Sou Alvina.
Casada, 32 anos.
Sei muito bem como termina essa história de homem que vai para outro lugar longe da mulher e não queria que se repetisse comigo, por isso o fiz escolher entre eu e esse emprego. venci!
Estamos casados há 3 anos mas esse último tem sido o pior, com brigas, discussões e acusações dos 2 lados. meu casamento estava atravessando uma crise, mas nunca pensei que isso pudesse acontecer.
Estávamos com mais 2 casais de amigos bebendo em 1 bar quando de repente a conversa mudou de rumo e começamos a falar de traição. éramos todos amigo ali e sabiam que meu casamento com Odair não estava bem, e por isso acho que ninguém estranhou uma certa tensão entre a gente jogando indiretas 1 para o outro sem parar. só disse brincando que não daria mole para mulher nenhuma botar as mãos em homem meu. Odair me mandou calar a boca e ficar quieta porque estava parecendo uma favelada, levantou e foi pegar mais cerveja no balcão. não iria engolir desaforo calada, fui atrás dizendo para ele ter mais respeito comigo. ele me mandou sumir da frente dele senão mandaria a garrafa "nos meus cornos". pensei que ele não tivesse coragem e duvidei, mas foi dito e feito: ele deu com a garrafa na minha cara. foi de repente e nem deu tempo de nada, era sangue para tudo quanto é lado. me vi caída no chão desesperada com aquele monte de sangue em cima de mim e as pessoas correndo e gritando.
Levei 12 pontos do lado esquerdo. o médico disse que se eu não usasse óculos, talvez tivesse sido pior, ficando cega de 1 olho.
Olho para o meu rosto no espelho e não sei o que será dele quando tirarem os pontos. estou com medo.
Quando Odair liga não atendo, não quero falar com ele por enquanto. me sinto segura aqui na casa dos meus pais, pois ele não tem coragem de vir até aqui.
Como ele pôde fazer isso comigo, sua mulher?

Enviado por: Alvina.
Imagem: sailormooncensura.blogspot.

4 comentários:

Rose disse...

Mas q grande fdp é esse Odair! Menina n volte atrás hein!!! Se esse cara teve a capacidade de fazer isso c vc agora imagine só se vc perdoar..Ele irá fazer coisas cada vez piores.Vc ainda é mto jovem,refaça sua vida longe deste traste.Boa sorte amiga!! bjs

Anônimo disse...

Vixe, deve ter ficado parecendo o Frankestein...

Ana Clara Barros disse...

Foge desse canalha enqto é tempo e ainda bem q vc tem sua família pra te acolher pq mtas não tem e infelizmente tem q aturar o traste ate sabe qdo!

Ativista Feminista disse...

Denuncie!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...