Amante Desejada x Esposa Feliz.


Olá!
Sou a RA, tenho 30 anos e casada há 10. 
Ao total, tenho 1 relacionamento de 16 anos com meu marido, pois começamos a namorar ainda na adolescência, eu tinha 14 e ele 16 anos. namoramos durante 2 anos até termos nossa 1ª relação sexual (nisso eu já estava com 16 e ele com 18 anos). ele foi meu 1º homem, meu 1º amor, enfim... casamos quando eu estava com 21 anos e em seguida engravidei. quando nossa pequena nasceu eu estava com 22 anos e tive depressão pós-parto, mas logo consegui me recuperar. minha família sempre me deu muita força em tudo.
 Ele sempre foi muito ciumento, sempre me cobrou muito no quesito fidelidade, disse que se algum dia descobrisse algo ele me mataria. acho que talvez seja por eu chamar a atenção. minhas amigas falam que sou muito bonita, mas eu não acho que eu seja tudo isso. sempre fui muito simples, talvez seja esse o diferencial, não sei. mas eu, sempre muito tranquila, na minha, ainda mais depois de ser mãe, pois eu queria era curtir minha filha, curtir esse momento tão especial...
Começaram as mentiras! 
Tínhamos 1 cadastro em 1 site de relacionamentos, eu tinha o meu e ele tinha o dele. porém, o que eu não sabia é que além desse, ele possuía outro com várias mulheres adicionadas, várias mensagens picantes, várias coisas que eu nunca imaginava que iria ver partindo dele, ainda mais com tantas cobranças sobre mim como ele fazia. meu chão se abriu! fiquei chocada! quis me separar, não aceitei de forma alguma! ficamos longe 1 do outro por 1 mês aproximadamente. no entanto, como tínhamos uma filha em comum e a família toda botando pilha para voltarmos, acabei cedendo. claro que eu não aceitaria ele de volta se não o amasse. então, descobri outra situaçao envolvendo mulher que me deixou muito triste novamente. mais brigas, mais encrencas, mais choros... e em seguida houve outro caso descoberto também, e tudo novamente aflorou dentro de mim: angústia, ódio, rancor, mágoa, etc...
 Tais situações nunca foram confirmadas por ele. o que eu via eram insinuações pela internet, nunca vi ou ouvi o fato consumado, mas para mim, só em ele ter mentido já seria uma traição!
Fiquei com esta cicatriz aberta por anos e sempre remoendo algo na internet sobre ele pra ver se achava algo que o comprometesse, ou coisa parecida. fiquei enlouquecida, parecia uma obsessão! tudo que ele me falava eu desconfiava, sempre achava que era mentira! e isso me maltratava muito por dentro, inclusive tiveram momentos em que eu pensei em tirar minha própria vida para não ter mais que sofrer.
Por fora sempre transpareci uma mulher decidida, feliz, segura de si... mas o que ninguém sabia é que por dentro eu era totalmente insegura, cheia de medos, de mágoas!
Mudei de função no trabalho e chegou 1 novo chefe (que já trabalha na empresa, só que em setor distinto). eu já havia falado com ele outras vezes, questões de trabalho, mas nunca havíamos trabalhado diretamente. e foi aí que tudo começou.
Ele sempre me olhando firme, como se tivesse me admirando sabe!? inclusive minhas colegas comentavam que ele estava apaixonado devido a forma que ele se dirigia a minha pessoa, mas eu sempre muito profissional com ele. vieram os elogios sobre minha postura, minhas roupas, meu cabelo, minha pele... cada dia era 1 elogio novo que me fazia renascer por dentro e eu ia esquecendo toda aquela ferida aberta. até que acabou acontecendo nosso 1º beijo, foi na escada do prédio onde trabalhávamos! eu me senti como uma adolescente: borboletas no estômago, brilho no olhar, foi mágico! fazia anos que eu não me sentia daquela forma!
Em contrapartida, com isso, acabei me tornando uma esposa mais carinhosa ainda, mais atenciosa, e aquela obsessão foi sumindo aos poucos. eu não encrencava mais com meu marido achando que tudo que falava era mentira, muito pelo contrário, dava força para ele sair com os amigos, no trabalho, essas coisas... mudei totalmente em meu casamento, fiquei muito mais doce e "fogosa na cama"!
Acho que todos aqueles elogios me faziam sentir viva e bonita, sabe? então acabava transferindo toda essa felicidade para o meu casamento...
Eram somente beijinhos até que houve nossa 1ª entrega carnal. agendamos uma reunião e fomos para 1 motel. confesso que me senti totalmente travada, pois até então só havia tido o meu marido, nunca tinha sido de outro homem. foi difícil para mim mas acabei vivendo aquele momento, não como gostaria, mas aconteceu! fiquei totalmente receosa mas meu marido não desconfiou de nada, então, como de costume, transferi toda aquela felicidade para meu casamento.
Depois desse dia, meu chefe não tocou mais no assunto comigo e eu com ele. parecia que nada tinha acontecido. fiquei meio mal, pois me senti usada! e todo aquele "floreio" que ele fazia comigo? todo aquele conto de fadas que ele me falava?
Continuamos trabalhando normalmente, como se nada fosse nada até que ele tocou no assunto novamente e eu acabei entregando meu coração mais uma vez. eu me sentia feliz com aqueles galanteios, com aquele olhar me devorando, sabe? eu me sentia tão bem em saber que ele me desejava! mas ele acabou pedindo demissão e eu por dentro sofri muito. nossa e como! pensava que não teria mais graça trabalhar ali. para que eu iria me arrumar se ele não estaria ali para me observar, me secar, me notar? então ele enviou um e-mail agradecendo pelos anos em que trabalhou naquela empresa, blá-blá-blá... e eu retornei seu e-mail (particular) agradecendo também por toda ajuda, toda resolutividade, enfim... e ele me respondeu dizendo que eu fui uma pessoa muito especial para ele. então caí na besteira de perguntar se não teríamos uma despedida, e para minha surpresa ele concordou.
Na semana seguinte eu entraria de férias e teria as tardes livres, pois minha filha estaria no colégio e meu marido trabalhando. e foi para uma dessas tardes que combinamos o encontro. ele parou tudo o que estava fazendo para me encontrar (ele estava arrumando suas coisas, pois iria morar em outra cidade, junto com sua esposa que estava lá a trabalho). eu estava mais segura, mais confiante e fui com uma lingerie preta linda! e ele me elogiou novamente, disse que eu era muito linda, muito gostosa, essas coisas que costumamos dizer na cama, e cá pará nós, dessa vez me entreguei totalmente. foi maravilhoso!
Tudo aconteceu como tinha que ser, ele me deixou próximo a minha casa e se foi, mas naquele instante comecei a sentir meu coração tão apertado, angustiado, sei lá! e quando meu marido chegou em casa, não consegui transferir toda aquela felicidade para meu casamento.
Acho que isso era paixão, não? não pode ser, eu não posso ter me apaixonado pelo meu ex-chefe que agora foi embora?!
Depois do ocorrido, ele me mandou 1 e-mail dizendo que tinha sido "maravilhoso" e depois outro mencionando que tinha 1 sentimento "legal" por mim. como assim um sentimento legal? fiquei confusa com essas palavras, talvez por eu esperar mais.
Retornei o e-mail dele, mas depois ele não deu mais sinal. não posso mandar sms pra ele, pois o mesmo me alertou que nosso único canal de comunicação seria "aquele e-mail criado" especialmente para nossa situação. não posso mandar e-mail para o particular dele, pois ele deixou bem claro e não quero complicá-lo com sua esposa. resumindo, não consigo parar de pensar nele, e principalmente no ambiente de trabalho cujo não estou conseguindo me concentrar ou me dedicar totalmente. não tenho mais vontade de ir trabalhar e o tempo todo fico acessando "nosso" e-mail para ver se tem algum dele, e como sempre... não.
Sei que não podia esperar mais nada disso tudo, pois eu sou casada e ele também,  mas acabei me apaixonando, e com isso, acabei mudando o ritmo em meu casamento também. antes eu era mais "fogosa", mais ardente, mais feliz com meu marido.
Não sei o que fazer! rezo todos os dias para esquecer tudo isso, afinal de contas amo muito meu marido, minha filha, minha família e isso que surgiu agora é somente uma paixão, e paixões vão e vem. quero muito que essa se vá de uma vez para que eu possa ser novamente a RA! mas com toda essa experiência, uma coisa foi certa: eu consegui tirar toda mágoa do meu coração, me sentindo mais leve em relação ao meu marido. talvez tenha me sentido vingada, mas não sei se essa é a palavra certa. 
Me sentir amante fez muito bem para o meu casamento e para mim!


Enviado por: RA.
Imagem: carolinecamargo.wordpress.

11 comentários:

Jane disse...

Nossa, li sua história e me identifiquei, não em relação ao "patrão + funcionária", mais em relação ao fato de se iludir com um relacionamento fora do casamento. Eu entrei de cabeça no caso, sabendo que não poderia evoluir, mais mesmo assim me envolvi, me apaixonei, esperava o mesmo dele e óbvio que não aconteceu. Sofri muito e hoje ainda sofro, só que bem menos. Na verdade, reencontrei ele depois de 2 anos, transamos novamente e por incrível que pareça, não senti por ele, nem metade da loucura que sentia antes, ou seja, a distância me ajudou e espero que ajude vc
PS: Essa parte do "o tempo todo fico acessando "nosso" e-mail para ver se tem algum dele" só é resolvido quando você deleta o e-mail.

Anônimo disse...

Depois pega e passa vários "bichinhos" pro marido e não sabe o por que!

Sedutor Misterioso disse...

vc se sentiu melhor porque chifre trocado não doi né, ou seja, vc pagou com a mesma moeda as traições do seu marido...............

Anônimo disse...

Vagabunda...

Bell disse...

Não entendi! Ficava vigiando o marido com medo de ser traida e de desconfiada passa a ser a traidora? E ainda vem dizer que depois da traição deixou de ser a chata, a possessiva, a que tinha vontade de se matar e vem com conversa que ama o marido? Me bem você pode tudo, menos amar seu marido, pois quem ama não trai e se as coisas estão erradas o melhor é a separação, mas trair e dizer que isso melhorou seu casamento é simplesmente ridiculo.
Tenho problemas no casamento, porém não creio que trair minha esposa vá melhorar as coisas, então tu é uma tremenda vagabunda e o seu ex-chefe percebeu isso, te usou e saiu fora.

Anônimo disse...

Aiai, gostoso, essa aventura t fez sentir mulher d novo.. apoiado.. se o marido fez, ela fez melhor ainda.. e ficou qrendo +.. bom p dar um tempero na relacao..

Anônimo disse...

Disseram tudo, chifre trocado não dói, na boa, seu marido não vai te perdoar... e ele vai descobrir, não sei como, mas assim como vc descobriu, ele tb vai, mas beleza, a vida é assim, errando que se aprende, o que aconteceu com vc é o que acontece com muita gente, AMOR E PAIXÃO VIVEM JUNTOS, MAS PODEM SER POR PESSOAS DIFERENTES, entendeu? Nem eu... Seu casamento melhorou pq vc tava sentindo com o amante o q não tinha com o marido, valorização, desejo, e o proibido é mais gostoso, né? Errado! Vc tem uma família, se continuar, vai perder tudo por causa de fetche...mas fica dica para os homens, valorizem suas esposas, a mulher quando trai, é pra valer...

No disse...

Concordo q traição nao deve resolver nada,mas pq julgar?Se a história essa fosse a história fosse de um homem talvez vc nao estivesse criticando,a sociedade sempre foi machista apoiando q o homem pode tudo,isso desde o tempos mais remotos.

Esperta disse...

Sabe oque eu acho? Traída uma vez traída sempre! Já passei por isso empedrar e um erro! A minha experiência foi a pior pois fui traída 10 anos hj eu tenho 30 to no auge da experiência e aceitar ser amante só tiver muitos benefícios no seu lugar eu nao ficaria casada pois se vc investigar vai pegar seu marido na safadeza pq eles sempre traem porém perdoar vc escolhe e fingi que confia. Pra manter as aparências e muito triste quantia este cara q vc saiu nao e um relacionamento solido nem será seria melhor vc construir uma nova história com um homem q te valorize e ame boa sorte.

Anônimo disse...

Que sociedade hipócrita!
Só porque sentiu tesão por outro homem e saiu com ele, mesmo depois de ter sido traída várias vezes, a mulher é vagabunda??
Claro que não Tem vontade? Vai lá e faz! Não importa! Aproveita e vida querida, você não vai sair dela viva!

Anônimo disse...

Piranha vagabunda

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...