Deusa da Farmácia.

Quando me separei do trastre do meu ex-marido, decidi que já era hora de colocar em prática os conhecimentos adquiridos na faculdade. quero dizer, ir 1 pouco mais além, deixando de ser empregada e passando a ter meu próprio negócio. queria uma independência total, tanto pessoal quanto financeira. queria abrir uma nova possibilidade em minha vida.
Meu casamento durou apenas 4 anos, mas foi tempo suficiente para eu perceber que quem tem que ter o controle sobre minha vida sou eu mesma. e também para me perceber como pessoa, a me valorizar e não me rebaixar para ninguém.
Com essa nova filosofia, mudei de cidade e abri minha própria farmácia.
No começo foi tudo cansativo pois tudo era novidade, o lugar, as pessoas... mas estava feliz porque pela 1° vez estava no controle total da minha vida.
Apesar de ser a única farmácia nas redondezas, notei que timidamente foram aparecendo clientes, mas todos homens. o movimento começou a aumentar e aumentar cada vez mais. e todos homens (adolescentes e adultos). às vezes somente para fazer perguntas (esclarecer dúvidas).
Pensando que estava começando a cair no gosto da população local e com medo de não dar conta do recado, contratei uma ajudante. ela não era formada, pois não tinha condições financeiras para isso, mas para ajudar no atendimento dava perfeitamente.
Assim como repentinamente o movimento aumentava, também diminuia e continuava sendo majoritariamente masculina. mulher era raro.
Foi através da minha ajudante, que morava na comunidade, que fui descobrir o motivo. as outras mulheres da comunidade não gostavam de mim e não deixavam seus maridos e namorados virem à farmácia, pois me consideravam uma ameaça por ser bonita demais. é claro que fiquei toda orgulhosa, e mesmo não querendo mais saber de homens, confesso que fiquei bastante envaidecida! ela ainda me disse que os homens me chamam de Deusa da Farmácia.
Adorei isso!
Arranjei 1 banquinho e agora passo mais tempo sentada fora do que dentro da farmácia, só acenando e fazendo caras e bocas para os meus súditos. mas é claro que antes disso, tive que ir ao salão dar uma repaginada no visual, principalmente o cabelo que estava perdendo seu vermelho natural (kkkk). religiosamente toda semana vou lá fazer unha e cabelo, pois tenho que estar sempre bonita e apresentável agora que sou uma celebridade local!
Tirei R$1,00 no preço de vários medicamentos, só para aumentar a clientela. e olha que tem dado resultado, pois ando distribuindo mais sorrisos do que nunca!
Os meus súditos merecem!

Enviado por: A Farmacêutica.
Imagem: deusadooriente.blogspot.

5 comentários:

Anônimo disse...

Realmente aparência é tudo.. pode soar meio machista.. mas se a gente puder usar um pouco da beleza que Deus nos deu, que mal tem?? Graças a minha boa aparência consigo bons empregos... por eu ser casada, ninguém mexe comigo... mas toda empresa gosta de ter mulher bonita no departamento... é mais agradável de se olhar.. hehehehe

@loucoepolemico disse...

Parabens pelo blog, ja havia entrado aqui algumas vezes.
Estou seguindo, se puder, entra no meu blog e siga eu tb. Grato.
Caso haja interesse em trocar banners, é só copiar o código do meu banner, e me avisar que imediatamente coloco o seu banner no meu blog.

http://loucopolemico.blogspot.com

Anônimo disse...

Nao gostei desse...os outros ate q foram legaizinhos,sei q e tudo inventado,mas eu gostava...esse ficou fraco.

AL. disse...

kkkkkk! Muito bom amiga! vai nessa! Eu faria igual.

Que blog maravilhoso!

Neusa Fiesta disse...

Amiga, parabéns! Espero que logo, logo, você tenha uma rede de farmácias e fique rica.

Abraços!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...