Meu Filho é Gay.

Eu sou mãe solteira.
Eu crio 1 filho sozinha desde que o covarde filho da puta do pai dele sumiu no mundo sem olhar para trás ou dar satisfação a ninguém! na época Nezinho tinha 4 anos, hoje tem 15.
Desde então tive que me virar para dar de vestir e colocar comida em casa. isso sem falar das contas e os remédios que muitas vezes tive que comprar sem ter dinheiro algum. perdi as contas das vezes que sozinha, inexperiente e desesperada corri com esse menino para o pronto socorro por causa da sua bronquite. também perdia a conta das vezes que chorei escondido para ele não perceber que eu estava desesperada por eu não saber o que fazer para comer no dia seguinte, pois a geladeira estava vazia, só tinha água!
Fui mãe e pai desse menino. amiga e irmão. quantas e quantas vezes fui médica, enfermeira, psicóloga... e o que raio mais ele precisasse! estava ali com ele para o que desse e viesse sem pensar duas vezes!
Finalmente consegui arrumar 1 emprego. não era lá grandes coisas mas ajudaria a colocar alguma coisa além de água na geladeira. arranjei 1 emprego de doméstica em casa de família.
De 2° a 6° acordo às 4 e 30 da manhã. às 5 pego o 1° ônibus. trabalho para duas famílias diferentes. lavo, passo, arrumo, cozinho e tomo conta dos filhos dos outros. o trabalho é duro mas nunca reclamei. até doente vou trabalhar, não corro de serviço não! chego em casa morta, lá pelas 8/9 horas da noite.
Fazia tudo isso com prazer, apesar das dificuldades trabalhava rindo, por amor ao meu filho. mas 1 dia, ao chegar mais cedo em casa, lá pelas 6 horas, ouvi uns gemidos vindo dos fundos. peguei uma panela e fui ver o que era. quando abri a porta vi a pior coisa que já tinha visto na vida! Deus que me perdoe, preferia ser cega a ter visto aquilo! vi meu filho de 4 gemendo com o vizinho em cima dele! não aguemtei, dei com a panela nos 2!
Botei os 2 para fora! mandei Nezinho arrumar as suas coisas e sumir da minha frente de uma vez por todas. o viadinho ainda teve a coragem de perguntar para onde ele iria. disse que "não tava dando o rabo para o vizinho", pois que fosse morar com ele e a esposa dele! onde já se viu, eu me matando de trabalhar para filho ficar em casa dando o rabo, mas é nunca!
Não sei, não quero saber e tenho raiva de quem sabe por onde ele anda hoje em dia!
Fiz de 1 tudo por aquele menino, para no final ele me apunhalar pelas costas assim!
Homens só me decepcionam!


Enviado por: Mãe Decepcionada.
Imagem: rfspereira.blogspot.

41 comentários:

Natasha Piervy disse...

Gente, mas o garoto não é apenas um homem e sim filho dela #CamisaDeForçaNela

Flora Pires disse...

Mãe decepcionada!
Podemos compreender a decepção, cansaço e frustração!
Mas certamente esta não foi a melhor maneira para lidar com a situação.
São muitos os fatores a serem analisados!

Anônimo disse...

E seria melhor encontrar o seu filho matando, estuprando, roubando ou se drogando? Homossexualismo não é crime... não é uma opção.. a pessoa já nasce com essa preferencia.. vai fazer o que? Eu ficaria muito decepcionada se meu filho fosse gay (se um dia eu tiver).. meu marido jamais perdoaria... mas eu sim, mãe é mãe. Mas vc poderia ter botado o moleque para trabalhar e ajudar no sustento da casa. Viadinho é uma coisa, vagabundo é outra.

Anônimo disse...

O pré-conceito sempre irá permanecer enquanto a ignorância existir, homossexualismo não define se o garoto tem mal caráter ou bom ,apenas é uma opção sexual.
No texto fica a prova de que a mãe sacrificou a vida p/ o sustento do menino, a traição do marido e essa já estava propensa a se sentir decepcionada, então a visão do filho tendo relação sexual com outro homem foi o estopim.
Mãe abandonar o filho a própria sorte não é de senso comum para minha cultura então penso que a mãe já estava cansada de arcar com a despesa do filho e já planejava fazer algo.
O problema em si é a forma de vida miserável, a mulher não era independente no começo da relação com o marido(deixava a despesa para o marido), pré conceito devido a pouca cultura.

helena =] disse...

Que loucuras :s
Mas como é que ela abandona o filho por ser Gay, tudo bem tudo bem... Foi uma tremenda falta de respeito do filho ter relações sexuais em casa, ainda mais com o vizinho que ainda por cima é casado, mas que tipo de mãe que ama o filho o abandonaria?

João Bosco Guimaraes Mafra disse...

Para quem repudia um filho, vai fazer o que da vida.
Tivesse ela dado educação, acompanhado melhor o desenvolvimento, etc.etc.

Agora será que era filho mesmo?
Será que não tava querendo achar uma desculpa para botar a franga para rodar.

João Bosco

Anônimo disse...

VACA, abriu as pernas pra ter um filho tem que arcar com as consequências, não fez mais do que a obrigação em criar ele. Decerto tu és dessas VACAS que preferia que o filho fosse um estuprador do que um homossexual. VACA dos infernos.

Anônimo disse...

coitada da senhora, fico até sem palavras pra descrever o que to sentindo mas convenhamos que ter um filho gay é dose né

Anônimo disse...

ter uma mae vaca tb

garoto cientista disse...

Será que era mãe mesmo? Quando contei para minha mãe, sim, ela chorou, ela apenas disse que ja sabia, afinal ela era minha mãe, ja ví o depoimento de várias mães dizendo a mesma coisa, "afinal eu sou a mãe dele, uma mãe sempre sabe". Isso parece apenas ter sido a gota d`agua de uma situação insustentável, com essa jornada de trabalho, até o nome do menino ela deve ter esquecido, ela ja devia estar farta, farta de um homem te-la deixado, farta de ta-la deixado com um filho, farta de te-la deixado com tamanha responsabilidade. Ela pós o filho para fora, mas no íntimo, ela queria fazer isso com o marido. Falta muita maturidade.

Anônimo disse...

Não sei se fico com mais vergonha alheia dessa pessoa ignorante que escreveu esse texto ou dos comentários.
PS. Homossexualismo não existe tá, o sufixo ismo designa doença, então o termo certo é homossexualiDADE.

Anônimo disse...

baitolage eh foda, mas eh doença mesmo!!!

Anônimo disse...

considerações
essa Mulher definitivamente não ama o filho .
Ama a sexualidade dele
pra ela nada importa se o filho rouba ou mata pois é preferível à ele ser Homossexual
o bom é que essa Mulher vai aprender da pior forma que ao ser abandonada e ainda expulsar o filho de casa por esse motivo vai levar um castigo muito pior

Anônimo disse...

baitola,
ela fez certo botar essse viadinho para fora.
alem de ser GAY ainda era sustentado pela Mãe, que luta para colocar comida na mesa.
tinha que colocar eles no TRONCOS e dar ums 1500 cibatadas, só saia do troco quando falasse grosso e pegasse mulher.
ou custurava o Cú dele...rsrsrsrsr
fudeu nunca mais ele vai dar. no minimo ia pagar um boquete.
e certo q existem alguns Homens q nascem com algumas caracteristicas feminina, ai sim pode ser considerado GAY(esse nao volta mais para o lado H), mais o cara começar ja velho... isso ai é VIADAGEM,
nao era para botar ele para fora não, trancava ele no quarto com uns 5 PIT BULL famintos.
srrsrsrs

Anônimo disse...

Lendo os posts desse blog eu me senti enojado, como pode as mulheres serem tão frias e calculistas? Que coisa mais horrível, perdi totalmente o meu respeito por mulheres, é uma história pior que a outra!! Depois vocês reclamam que não tem homem por aí, os que lerem este blog certamente vão preferir casar com uma boneca inflável, ao invés destes seres malignos que vocês são!!

Anônimo disse...

A Pl 122 vem aí.
Vai te botar na cadeia.
Tem que chegar em casa e pedir desculpas por estar atrapalhando.

Anônimo disse...

Lendo esse post e depois alguns comentários, não consigo me decidir quem é o pior monstro, a mãe que abandonou o filho apenas por sua sexualidade ou os imbecis que acham que ela fez certo.

Anônimo disse...

Apenas lamento por essa mãe ter uma mente tão fechada. E lamento também por existir pessoas que conseguem sentir tanto ódio de uma pessoa que apenas estava sentindo amor. Lamentável. O mundo seria um lugar muito melhor se as pessoas se preocupassem menos com a vida alheia e passassem a se preocupar mais em AMAR o próximo e deixar tanto ÓDIO inexplicável de lado. Que pena de vocês...

Anônimo disse...

Depois dizem que não é homofobia, é só uma questão de "opinião".

Se a mãe chegasse e visse o filho comendo a mulher do vizinho, a reação seria a mesma? Será que ela pararia tudo dando panelada nos dois e ainda expulsaria o filho de casa?

O demais é que até então, o filho era amado, o centro das atenções e tudo mais... mas virou gay, virou o demônio. Tudo por causa de um livro escrito há milênios que gente teima que ainda serve como código de conduta moral.

E eu estou pra achar alguém que tenha "evitado" a homossexualidade do filho proibindo, rs.

E pra alguém que disse alí em cima que "ismo" é sinônimo de doença, nossos hospitais estão cheios por causa do patriotismo, consumismo, capitalismo e ciclismo, certo? Argumento ruim, champz.

Anônimo disse...

Por isso ta sozinha no mundo... SUA LAZARENTA!

Anônimo disse...

Porque será que o macho dela foi embora sem olhar para traz? Absurdo isso que ela fez, sem ao menos procurar saber se o garoto estava sendo seviciado ou algo assim, mas foda-se ela tem mais pra pagar.

E pro otario que abusou em falar besteiras ai em cima eu digo que ele não passa de um viado arrependido (botava ele no troncos e dava 1500 chibatadas)

Anônimo disse...

Se ela amasse tanto o filho quanto ela diz que ama, jamais o teria abandonado, ate pode se intender a frustração mais ficar com toda essa auto piedade não muda o fato de que você não estava e não esta nem ai pra ele, caso contrario num teria feito o que fez num acha?? Seja sincera consigo mesma.

Anônimo disse...

Ah, qual é? Empregada doméstica que rala feito uma otária pra "colocar algo além de água na geladeira" postando depoimento em blog na internet e sem nenhum erro ortográfico? Inventa outra...

Anônimo disse...

Eu e meu filho de dez anos sempre conversamos sobre isso! Ele diz que gosta de mulheres (eu não me importaria se gostasse de homens, hj em dia tá tudo tão mudado!), que quer casar, que acha essa e aquela gostosa, temos uma relação muito aberta sobre todos os assuntos. Um dia perguntei a ele "filho, tu preferia um filho drogado ou um filho gay?" e ele respondeu com naturalidade "Claro que um gay, né mãe?" A gente tem que instruir as crianças. Com cerca de 6 anos ele já perguntava "mãe, o que é ser gay?" Se MINHA mãe tivesse me instruído tanto eu faço com meu filho, eu não teria engravidado aos 12 anos! beijos a todos Thammyh

Anônimo disse...

nossa, que mulher louca, ele tava fazer sexo como o tipo q ele gosta, c ele tivesse metendo em uma mulher iria ficar toda orgulhosa. preconceituosa fudida, vc é merecedora sim desse seu sofrimento. e que Deus faça com que vc abra seus olhos e de apoio para seu filho que deve estar passando por uma barra pior ainda que é da rejeição da mãe!

Anônimo disse...

uma coisa é bem clara!
vc se preocupou tanto em trabalhar e dar tudo, q esqueceu de educar seu filho!
não por ele ser gay, eu tbm sou, mas nunca levaria ninguém pra casa da minha mãe, devido ao respeito!
infelizmente vc presenciou algo q, na minha opniao, não merecia ver, assim cm eu nao gostaria de ver meus pais fazendo sexo!
mas mãe é mãe, se vc não perdoa-lo e tbm impor o respeito no seu lar, vc foi apenas uma sustentadora!
e pense bem, seu filho fora d sua casa, pode estar se prostituindo p viver, ou tendo relações cm qualquer um sem proteção
Se vc não conseguir lidar com isso agora, em breve terá um filho gay, e provavelmente doente

Anônimo disse...

Triste ver como há pessoas ignorantes e intolerantes nesse país.

Anônimo disse...

Por isso que eu nunca deixei minha mãe pegar eu dando o rabo !!!

X-Treme Nãrd. disse...

Vocês ficam falando que isso é Preconceito e tals ... Mas imagina a situação : Tu tem um filho. Faz de tudo pro moleque, trabalha duro para o pão de cada dia do garoto. E QUANDO VOCÊ CHEGA EM CASA SE DEPARA COM O MOLEQUE DANDO ?!
Aff ... Vocês encaram essas coisas comose tudo fosse simples! Imagina a decepção de um pai,sabendo que tem que encarar que o filho tem uma opção diferente ?!
Argh ... E aqueles que dizem que "ele nasceu assim" ... É PURA SAFADEZA. ELE USA ESSA DESCULPA SÓ PRA DAR O RABO.

Anônimo disse...

Deixa ele dar o cu para quem ele quiser, aproveita e diz para ele arrumar a casa quando voce estiver trabalhando... sua boba!

Anônimo disse...

Deixa ele a vontade, faz ele cozinhar, lavar, limpar e passar. pequenocarlos@yahoo.com.br

Anônimo disse...

eu não acredito que eu tenha perdido meu tempo lendo uma coisa dessas. aliás, eu não acredito que essa história seja verdadeira. em caso de verdadeira, eu, no lugar daquele rapaz, teria cometido suicídio e deixado uma cópia de carta para todos saberem da razão de meu ato. aí ela teria que conviver com isso o resto da vida.

Anônimo disse...

bom acredito que seria uma questao de vc pensar o inverso........
ja penso se fosse vc no fundo do quintal de 4 dando o rabo?
sera q pra ele nao seria decepcionante?
Com certeza seria.....imagina nossa imaculada mae de 4 com o vizinho dando o cú?
acho q vc esta se apegando ao q viu.
a imagen do q viu q esta lhe perturbando....
desapega mulher,....alem do mais...é seu filho
meu! quem nao gosta de sexo!!?
VIVA E DEIXE VIVER!!!!

Anônimo disse...

TINHA ENFIADO A PANELA NO C... DESSE MOLEQUE.

Anônimo disse...

o engraçado desse blog é que todos os textos são escritos da mesma maneira, estranho não?

Pallas Lovestain disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pallas Lovestain disse...

Eu não li todos os comentários, mas vi muitos que são a favor e outros contra a sua atitude, inclusive de baixo calão.
Você se diz mãe, que fez tudo por ele, você realmente ama seu filho? Você não consegue ver que o mundo é muito mais que sua mente pequena e estreita pensa? Seu filho não deixa de ser seu filho apenas porque é homossexual, inclusive eu sou gay, e a minha família nunca deixou de amar, minha mãe conhece meu namorado, gosta dele, e nem por isso ela agiu da forma estúpida com que você agiu.
Você deve ter visto, ou reparado que homofobia é crime penal, e você deveria ser julgada pelo que fez de forma tão ignorante, é seu filho não é?
Ou como disseram muitas vezes acima, você preferiria que ele fosse um ladrão, um estuprador, assassino?
A ignorância é um crime fatal, pior ainda vinda de uma mãe. Seja lá qual for sua religião já pensou em seu deus, em que sua ação implica? Uma mãe que renega o próprio filho, a que destino estaria condenada?

Anônimo disse...

SE NÃO HOUVESSEM PAIS IGUAIS A ESTA CIDADÃ, COM TODA A CERTEZA QUE NÃO HAVERIA O PRECONCEITO .. INFELIZMENTE A RIDICULARIDADE JÁ FOI PLANTADA NA MENTE DE MUITOS QUE AQUI POSTARAM COMENTÁRIOS MISERÁVEIS.. OS MEUS PAIS SEMPRE ME ENSINARAM A RESPEITAR AS DIFEREÇAS .. SOU GAY E MUITO BEM RESOLVIDO, E POR INCRÍVEL QUE PAREÇA NÃO CURTO "DAR O RABO" .. SE VOCÊ MALDITO IMAGINA QUE A VIDA, AS ATITUDES E AÇÕES DE UM GAY RE RESUMEN APENAS A SEXO E LIBERTINAGEM, ANALISE OS SEUS CONCEITOS, OS SEUS DEFEITOS ( VOCÊ DEVE FAZER AS ESCONDIDADAS O QUE ATÉ DEUS DUVIDA).. E CLARO .. CUIDE DA SUA VIDA !!! ODEIO VIOLÊNCIA DE QUALQUER TIPO, MAS SINTO UM PRAZER IMENSO QUANDO OUÇO QUE UM TRAVESTI ACERTOU UMA PEDRA NO CARRO DE FULANO... VAI BOBÃO .. FICA NA SUA QUE VOCÊ GANHA MAIS.. HOMOFÓBICOS DE PLANTÃO, NÃO É PRECISO ESTUDAR PSICOLOGIA PARA SABER QUE, VOCÊS SÃO MAL RESOLVIDOS, QUE NÃO TEM OU NUNCA TIVERAM UM RELACIONAMENTO BOM COM SEUS FAMILIARES, VOCÊS SÃO FRUSTRADOS E SOFREM DE CARÊNCIA AFETIVA .. E POR FAVOR, NÃO VENHAM COM ESSA DE QUE SEREMOS CASTIGADOS E USAM DA BONDADE DE DEUS PARA JUSTIFICAR O SEU PRECONCEITO .. O MEU DEUS NÃO É PRECONCEITUOSO, NÃO JULGA, NÃO CONDENA .. SOMOS COMPLETAMENTE RESPONSÁVEIS PELOS NOSSOS ATOS .. E SE O MEU DESTINO FOR O "INFERNO" IREI POR OUTROS MOTIVOS E NÃO PELA MINHA SEXUALIDADE .. SE A LEI É O AMOR, VOCÊ ESTA FAZENDO ISSO ERRADO RSRS.. AGORA EU POSSO DIZER QUE AMO E MUITO.. SOU CAPAZ ATÉ DE AMÁ-LO ;]

Anônimo disse...

Pai e mãe fdp's e homofóbicos tinham tudo que morrer!
Desejo à todos os homofóbicos que tenham uma morte muito dolorida e que sejam privados de felicidade e justiça nessa vida!!!!

Anônimo disse...

Digamos que você tenha 2 opções...
Na primeira, sua família tem orgulho de você, você ganha os melhores empregos, você tem a aceitação da sua religião, a sociedade te aceita e você pode andar na rua sem ninguém te olhar torto...
E você tem a segunda opção: Onde você é expulso da sua casa, em que a sociedade te despreza, em que você perde o emprego, a sua religião diz que você é uma abominação e você pode apanhar na rua só por existir...
Você escolheria a segunda opção?? NÃO ??????? ENTÃO PORQUE VOCÊ ACHA QUE ALGUÉM ESCOLHERIA ??????????

Gente eu sou hétero, mas tenho um respeito imenso pelos homosexuais,sou amiga de um gay e só os verdadeiros amigos chegam perto de saber o quanto eles sofrem ...

A essa mãe só tenho o sentimento de pena, concordo é ver aquela cena não tenha sido legal, assim como sei que meu pai odiaria chegar em casa e me ver transando com o vizinho, mas ai é a educação que você não deu a ele... Não tem como mudar o fato dele ser gay, pelo simples motivo que isso não é uma doença que possa ser curada ! Só te digo, que você vai chegar ao final da vida, velha, amargurada, SOZINHA e completamente sem amor, pq aquele que poderia te dar um amor incondicional você mandou embora da sua vida !

Para os homofóbicos ignorantes, assisti esse vídeo do ultimo post e achei muito interessante... http://www.youtube.com/watch?v=Gn0R-gb9SMc
O maior ignorante é aquele q não quer aprender... Se você não gostar muito de biologia pode pular e ir direto a parte das barrinhas... Mas o melhor é ver tudo !! Bjos a todos, mas pena as homofóbicos (vocês não tem cérebro !)

Anônimo disse...

Vc foi burra. Deveris transformar ele em travesti e ganhar dinheiro com o CU dele. Kkkkk

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...