O Otário do Antônio.

Antônio sempre foi muito bonzinho comigo. não sei por que eu namorava com ele, porque para mim homem que é homem tem que ter pegada, tem que ser macho! nunca gostei desse negócio de dar flôrzinha, de falar manso, para mim isso é coisa de viado! aliás acho que sei sim porque ficava com Antônio: ele pagava tudo para mim. era o legítimo corno manso, o verdadeiro otário!
Todo mundo dizia que a gente não combinava, que eu era areia demais para o caminhãozinho dele! e eles estavam certos, mas era o Antônio que comprava as roupas novas para eu sair com outros homens. a rua inteira sabia que eu ficava com outros caras, inclusive ficava até com amigos dele. às vezes acho que ele até sabia, mas como não falava nada, ia levando.
Um dia Antônio veio com um papo mole de que estávamos um bom tempo juntos e que já era hora da gente casar. desculpe mas eu não aguentei, eu ri na cara dele! depois até fiquei com pena, tadinho!, mas não dava mesmo, tive que terminar!
É engraçado como essa história de que o munda dá voltas é verdadeira, passados alguns meses eu estava grávida. e pior, não tinha a menor ideia de quem era o pai! é claro que podia ser qualquer 1, menos o Antônio, já que nunca transamos!
Sem saber o que fazer e sabendo que por causa da minha fama ninguém ia querer assumir, não me restava outra opção se não procurar o Antônio. era tudo ou nada, tinha que falar com ele! a ideia era idiota, na verdade nem eu botava fé nela, mas era a única que eu tinha.
Chamei Antônio para conversar e lhe expliquei a situação, só não disse que não sabia quem era o pai para não assustá-lo! falei que se ele quisesse se casar comigo a hora era agora! se ele me amasse de verdade poderia me perdoar e fazer de mim sua mulher e da criança seu filho. seríamos uma família feliz!
Casei na igreja de véu e grinalda. as piranhas da rua se rueram de inveja! depois de nascer dava para ver na cara da criança que nem de longe Antônio era o pai! mas em compensação ele é esforçado, passa mais tempo com a criança do que a criança comigo. quando Antônio chega a criança corre logo para ele e não larga mais! para mim isso é bom porque me dá mais tempo livre!
Agora Antônio é o pai. não dizem que pai é quem cria, não quem faz? então!


Enviado por: Mulher do Antônio.
Imagem: sorayafonseca.blogspot.

18 comentários:

A Sapatólatra disse...

Tadinho do Antonio kkkkkkkkkkkk ouço muito dizer que mulher não gosta de homem bonzinho, gosta mesmo é de um bom cafageste, ta aí a prova, essa é uma.

Vamos ver até quando esse Antonio vai continuar cego, pq no dia em que ele acordar, tenho até dó do que essa vai passar, pq outro otario vai ser difícil de achar.

Milene Lima disse...

Mas que vagaba, heim? E o Antônio fez cócegas na minha vontadezinha de estapear... Oh, que tonto!

Bom vir aqui e me indignar... Rsrs.
Beijo!

Juhh disse...

Eu não tenho coragem de fazer algo do tipo.Eu tenho consciência e isso pesa um dia....

Anônimo disse...

puta desgracada! se fosse eu no lugar dele vc comeria p pao q o diabo amacou com a bunda vadia. tenho odio d pessoas assim q se aproveitam dos sentimentos dos outros. e esse viado do antonio q nao faz nada

Anônimo disse...

ficou com tempo livre para que :

como diria Afanazio

ficou com o tempo livre para dar rrrrrabo...

Guria Faceira disse...

é completamente revoltante
como algumas pessoas são imundas
bem ridiculo a forma desta "coisa" pensa mas acredito naquela frase velha q diz aqui se faz aqui se paga
pobre Antonio...

bjim

Neusa Fiesta disse...

E não é que a piranha deu sorte de encontrar um Santo Antonio?!
AH...o amor é cego.
BEIJOSSSSSSS

Anônimo disse...

Mas que filha duma puta veio.
Pior que ela dava pra outros e num dava pro propio namorado.
Esse antonio tbm é um trouxa mrm.
Puta q pario,vagabunda,puta!!

Rádio 100 Fronteiras disse...

uma puta dessa MERECE A MORTE

Anônimo disse...

vagabunda

SATANAS disse...

mal posso esperar vc aki na minha casa...
bjus

Anônimo disse...

Porque esse tipo de mulher é o tipo que consegue os homens bons?

Anônimo disse...

A vagabunda deu tanto, que sentiu que nao e nada, a não ser o lixo que é , e como sempre tem uma boa alma, aceita juntar o lixo e levar pra casa. E tão bom que e, educa e ama o filho do outro como se fosse dele.

AL. disse...

Você deve ser o maior sonho de consumo da vida do Antônio. Piranha linda!

Anônimo disse...

Voce e uma vadia ,um dia vai pagar por tudo que voce fez!!!

Anônimo disse...

VC E UM LIXO! QUANDO SEU FILHO CRESCER SENTIRA VERGONHA DE VC

Anônimo disse...

Esse cara é um santo!

Helio Vitor disse...

E alguém acha que o antonio (com letra minúscula mesmo) não sabe? Claro que ele sabe, e gosta; caras assim adoram ser cornos, e querem mesmo uma vagaba escrota como essa piranha. Esse tipo de vadia é pior que banheiro público: todo mundo entra e despeja.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...