Quis me Vingar do meu Namorado e me Ferrei.

Quando tinha 17 anos, arrumei meu primeiro namorado. nossa vida sexual era boa, e sempre que ficavamos sozinhos, transavamos. uma vez, 1 amigo nosso em comum que era superpopular, comemorou o aniversário num clube e nos convidou. muita comida, bebida e pegação. 
Meu nome é Barbara. 
Meu namorado ficou com os amigos dele e eu com as minhas amigas. no meio da festa, fiquei com saudades e fui procurá-lo. quando vejo, ele estava beijando outra menina! resolvi me isolar num canto e comecei a chorar de raiva e tristeza. 1 garoto chegou perto de mim e disse que sabia do ocorrido, que meu namorado não valia nada e que não podia trair uma princesa como eu. também disse que ele não merecia as minhas lágrimas, pediu para eu esquecer o filho da puta e dar uma chance a ele.
Era bonito e parecia legal, então resolvi ficar com ele, pois pensei que estaria me vingando. ele falou: "vamos a um lugar mais calmo para ficarmos mais à vontade". me levou até uma rua meio deserta, encostou-me numa árvore e começou a me beijar.
Quando vejo ele estava com o pau para fora, levei 1 susto e perguntei o que era aquilo. Ele disse: - Você deu para o idiota do seu ex, também tem que dar para mim. Eu disse que não queria, que eu não era obrigada, que eu não sou de fazer sexo no primeiro encontro. ele insistiu: "deixa de bobagem gatinha, tudo tem uma primeira vez! não custa nada, você vai gostar, não vou contar à ninguém, prometo. mas continuei a dizer não. ele se irritou e me deu 1 tapão, minha cara ficou ardendo! disse que se gritasse seria pior e que era para eu obedecê-lo sem reclamação. mandou eu me ajoelhar, abaixou a calça e a cueca e mandou eu chupar. enquanto eu chupava, ele pressionava minha cabeça contra o seu corpo, falando: "chupa gostoso vadia, chupa! me mandou parar, pegou minha cabeça e me jogou contra o chão, arrancou a minha calça e calcinha. mandou eu sentar no colo dele. 
Enquanto ficava no vai e vem, ele ficava apalpando minhas coxas grossas, meu bundão e seios fartos, falando o quanto a vadia e vagabunda era gostosa. mandou eu sair do colo e ficar de 4. o chão era horrível, cheio de pedrinhas e meus joelhos estavam doendo naquela posição. ele me penetrou... metia com muita força! para piorar, tinha uma pedra debaixo de mim, se eu caísse, iria me machucar toda. enquanto isso, ele ficava me xingando de todos os nomes possíveis (vadia, vagabunda, ordinária, safada e etc) e dando várias tapas na minha bunda que ardia muito. Enfim, senti aquele jato de porra na minha buceta. mandou eu me vestir e disse que me levaria até perto da porta do clube e que iria embora para casa, pois não queria que fôssemos vistos juntos sozinhos. disse que se eu contasse a alguém, iria me arrepender. nunca mais o vi. 
Cada vez que lembro deste estupro, sinto raiva e prazer.


Enviado por: Barbara. 
Imagem: google.

7 comentários:

Ana Clara Barros disse...

Fake ou eh maluca!

Anônimo disse...

Simplesmente nojento!!!

Andressa Urachi disse...

gostou né, safada!

Jorge disse...

Começaste a foder cedo...

Ana Clara Barros disse...

Cedo??? Como assim??? Qual seria a idade correta miguxito Jorge??? Ain eu comecei com 18. Rsrsrs... hj em dia elas começam com 11 vide as vizinhas aki elas fazem em frente a portaria saem de sai há sem calcinha e mandam ver. Só tem 12 no máximo. Pra mim eh culpa dos pais q não vigiam e nem dão amor aos filhos.

La Moralista disse...

falta duma boa sova, isso sim!

Anônimo disse...

Fake, fodasse fake do caralh,

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...