Minha Vida Acabou Depois que Meu Filho Morreu.

Eu me lembro como se fosse hoje. é como 1 filme que não pára de passar na minha cabeça. eu tento dar stop mas ele começa de novo. aquele foi o pior dia da minha vida. foi o dia em que morri para o mundo.
Sou Kassiane.
Divorciada, 26 anos.
Era domingo e meu marido iria levar Jonas (meu filho) para passear no shopping. foram de carro e eu fiquei em casa porque estava cansada, tinha cuidado a semana inteira dele que estava doentinho, mal dormia direito por conta das febres que ele andava tendo. estava cansada, confesso, precisava de umas horinhas de sono.
Meu marido parou no sinal, quando foi rendido por 2 homens de moto que anunciaram assalto. o desgraçado ao invés de dar tudo o que tinha, com medo de perder uma droga de 1 carro usado que ainda estava pagando, acelerou tentando fugir. os bandidos atiraram e uma das balas acertou em cheio a cabeça do meu menino. ele morreu na hora. o desgraçado do meu marido nem se arranhou. minha vida acabou naquele dia, junto com a do meu filho. não tenho mais lágrimas para chorar, eu choro sem lágrimas. não desejo isso para ninguém, nem para a pior mãe do mundo. é uma dor enorme que nunca vai passar, por mais que você chore ou que o tempo passe, o buraco que fica nunca se fecha. não há nada pior no mundo do que perder 1 filho. é tão desumano que deveria ser proíbido de acontecer. não tem cura.
Meu menino só tinha 1 ano e 4 meses. tinha uma vida inteira pela frente e ainda tínhamos muito o que curtir juntos. tinha tantos planos para ele. tenho tantas fotos. queria tanto ouví-lo chamar meu nome a todo pulmão, bem alto para todos ouvirem. mas agora não pode mais.
Me separei do meu marido, não conseguia mais olhar para sua cara. sei que ele não queria isso, mas não consigo deixar de culpá-lo. se ele tivesse dado a droga do carro naquele dia, nada disso teria acontecido e meu menino estaria hoje aqui brincando comigo. a culpa é dele!
Estou tentando recomeçar minha vida aos pouquinhos, estou fazendo terapia, trabalhando em meio período, tentando viver 1 dia de cada vez.
Não sei se vou conseguir.

Enviado por: Kassiane.
Imagem: seilasaigao.blogspot.

10 comentários:

Nancy disse...

Que história mais triste. Eu nem teria palavras para tentar confortar vc pois sou mãe e só de sonhar que meu filho morre entro em desespero e acordo chorando.Somente Deus para dar forças a vc p conseguir recomeçar sua vida sem seu pequeno anjinho.Mas com certeza ele deve estar sempre olhando por vc e n gostaria de ver sua maezinha triste.Quanto a seu marido,tente perdoa-lo ele com certeza agiu no impulso tentando proteger o filho.Não guarde mágoas isso só piorara as coisas e aos poucos te matará por dentro.REze,reze todas as noites e peça forças a Deus p suportar tamanha dor,pois ele sabe d todas as coisas.Fique c Deus linda!

Ana Clara Barros disse...

T_T
Lamentavél e triste. Eu imagino sua dor, forças!

Jorge disse...

Desculpa lá, oh Kassiane mas agiste muito mal. O teu marido reagiu a quente, foi surpreendido pelos sacanas e nem tempo teve para pensar.
Deixo-te uma só questão: se estivesses no lugar do teu marido e fosses abordada por dois ou três mariolas, o que farias? Deixa-te de merdas, a reacção dele foi instintiva, as pessoas não pensam quando são surpreendidas!

Unknown disse...

Perdoar seu marido é começo pra sair dessa, colocar seu coração em Deus é o mais importante a se fazer pois ele esta em seu ex-filho, fica tranquila pois se voce é cristã seu filho concerteza esta muito melhor agora do que quando estava nesse mundo.

cristiane fragoso disse...

bom sei que é uma dor que nao tem cura perdi meu filho dia 22/02/2014 em um acidente uma mulher alcolizada dem carteira brigando com marido matou meu menino, que era sonhador e tinha medo da morte, hoje eu nao vivo como vc mais sei que a justiça vem mais cedo ou mais tarde vivo um dia de cada vez nao mando vc perdoar pois a dor é maior que tudo em nossa vida bjus que deus nos de forcas meuanjomoranoceu.blogspot.com.b

Anônimo disse...

A culpa não foi do seu marido foi dessa bandidagem que tá solta por aí, que a polícia prende e no dia seguinte o juiz larga. Por mais que doa para você, não é justo o que está fazendo com o seu marido. E se fosse o contrário, se você estivesse com a criança no colo e, por acidente, ela caísse no chão, batesse a cabeça e falecesse, era uma reação igual que você esperaria, ou o apoio do seu marido?

Anônimo disse...

Meu bebê tb tem essa idade.... eu sentiria a mesma coisa que vc.

Flex Work Assessoria disse...

eu sinto isso (perda) a quase 4 anos, graças a Deus não ocorreu tamanha violência , porem fui agredido quando meus filhos foram manipulados pela mãe a me julgar como desertor do lar , quando eu só havia me separado da mãe deles . Não julgue para que não seja julgado , confio no Senhor.

Renata Ferreira disse...

Também perdi meu bebê. Sei sua dor e pior, fui a responsável pela morte dela. Você já parou pra pensar que seu marido poderia estar tentando salvar seu filho e não o carro? Pense bem...você realmente acha que ele daria mais importância ao carro? Acho que não. Nada acontece sem a permissão de Deus. Se seu filho partiu é pq era a hora dele e você deveria agradecer muito seu marido, pois se tivesse sido sua responsabilidade seria muito pior. Mas essa responsabilidade ficou para ele. Agradeça a Deus todos os dias, pois apesar da dor da perda ser muito grande, há coisas muito piores, imagine se seu filho desaparecesse, ou acontecesse um acidente que o deixasse vegetando em uma cama. A morte às vezes é uma misericórdia Divina. Seu filho voltou para o lar. Ele vive!!! Aqui estamos somente de passagem. Você vai reencontrar com ele no tempo certo e se você conseguir se manter calma e sem revoltas, ajudará muito seu filho. Acredite, sua ira e desespero o aflige. Mesmo estando separados, você pode ajudá-lo com orações e que suas lágrimas nunca sejam de revolta e sim de saudades... Vá no Google e digite "perda de pessoas amadas mortes prematuras" Esse texto me abriu muito os olhos quando meu bebê partiu. Espero que te ajude também. Fico à disposição se quiser conversar. Meu e-mail é renatafbar@hotmail.com.
Forte abraço e fica com Deus!

Daniel Henrique gimenez disse...

Que Deus te de forcas mas perdoe seu ex marido e ore muito, e seu filho não gostaria de ver vc triste ele é. Um anjo de Deus bjs e que Deus te abençoe e te de muita vitoria

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...