Desabafando.

Tenho 1 relacionamento há 5 anos.
Ele veio morar comigo com 2 anos de namoro por motivo de distância. acho que, como em todos os relacionamentos, o inicio é uma maravilha com ambos apaixonados, ambos se entregando. mas aí os anos se passam, e pelo menos no meu caso, vai dificultando 1 pouco as coisas. eu não tenho a quem recorrer, por vergonha mesmo. agora sei o que muitas mulheres passam.
Meu apelido é Kami.
Tenho 20 anos.
Logo pela manhã arrumo a casa, faço comida, estudo, enfim... e quando peço algo já vira uma discussão com insultos da parte dele. se eu respondo ele me empurra e fala mais alto, muitas vezes acabo por provocá-lo e por consequência parece que ele explode, vira outra pessoa. eu olho em seus olhos e vejo 1 homem com raiva, ódio e acabo saindo pela errada da história.
Ontem mesmo eram 4 horas da tarde e eu falei para ele levantar, que ele não faz nada, só dorme. e lá vem discussão, gritos, palavrões, enfim... me empurrou contra o guarda-roupa com força, me jogou na cama e colocou todo o seu peso sobre mim. jurei que iria desmaiar, passar mal, não sabia o que fazer quando ele finalmente me soltou. a única coisa que fiz foi sair correndo, me trancar no banheiro e chorar. chorar tanto, mas tanto!
Não foi a primeira vez que ele fez isso. já me levantou pelo pescoço contra parede. depois para ele fica tudo bem, mas para mim não, fico com isso na cabeça. mas sabe, podem achar bobo o que vou falar agora, muitas falam também, mas tenho medo de deixá-lo.
Não tenho coragem, apenas não consigo.
E eu não sei o que fazer.



Enviado por: Kami.
Imagem: estanteteologica.blogspot.

9 comentários:

Amcguedes Guedes disse...

Olá, boa noite.
Difícil dar "pitácos" na intimidade dos outros mas...
Se puder leia um pouco sobre" zona de conforto", acho que ajuda.
Abraços

Nádia Santos disse...

Vc não precisa passar por isso minha querida, ame-se, respeite-se e tome uma atitude. Bjus e boa sorte.

=> Gritos da alma
=> Meus contos
=> Só quadras

Anônimo disse...

Parece a vida da minha irmã! ela sofre agressoes físicas e verbais e nao consegue largar o marido.Acredito q oq falta em vcs é uma paixão arrebatadora pra dar um pé nesses fdp! boa sorte querida!

Anônimo disse...

Fofa não é preciso passar por tudo isso por alguém que não merece tenha mais o amor proprio querida.

Anônimo disse...

Infelizmente você está sendo mal amada. Acho que você deve ser muito apaixonada e ama sem restrições. Busque uma ajuda de alguém numa igreja evangélica de alguma amiga sua, que possa te ajudar com orações e conselhos válidos, mas tome cuidado consigo mesma. bjs. Fique com Deus

Simony disse...

Triste a sua situação,imagina quando tiver filhos?vc com tão pouca idade ,acho que deveria se amar mais e aprender a dar mais valor pra sí..bjs

José Luiz disse...

Maria da Penha nele, se você quiser se livrar do problema. Se não quiser e tiver "gostando", continue apanhando e não venha chorar nos ombros alheios.

Anônimo disse...

Você está numa situação comum a qualquer mulher que é agredida pelo seu parceiro, ou seja, se considera incapaz de tomar uma atitude enérgica para resolver seus problemas de agressão conjugal. Inúmeras são as mulheres que são sub-julgadas e inferiorizadas pelos seus parceiros, e passam a conviver sobre o domínio deles. Convívio mútuo é reciprocidade e não violência e maus-tratos. Você precisa encontrar dentro de si, forças para reagir e cair fora desse relacionamento, antes que a coisa piore, e as marcas se tornem verdadeiros traumas. Situações de violência doméstica sempre possuem resultados trágicos.

silvio disse...

ola vc tem que denunciar ele para polocia isto é agressão domestica niguem tem o direito de agredir nimguem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...