Infância Perdida.

Olá!
Vou dizer que meu nome é Ellen.
Quando tinha 11 anos (hoje tenho 18), andava mais ou menos uns 10 quarteirões todos os dias para chegar à escola. jamais poderia imaginar que 1 dia seria abordada por uns caras e obrigada a entrar em 1 carro. entrei em desepero e disseram em meus ouvidos: "se não ficar quieta mato teus pais!" como continuava chocada e inquieta, colocaram sonífero em meu nariz e desmaiei.
Acordei com uma forte dor de cabeça, amarrada a ferros no chão em 1 lugar muito sujo e fedendo à mofo. simplesmente nua. chorei, chorei demais. de repente entrou 1 cara no quarto aparentando uns 40 anos, bêbado e bastante nervoso dizendo "CALA A BOCA NINFETINHA, SEMPRE TE VIA ANDANDO NA RUA, TODA BONITINHA E INOCENTE E HOJE ACABO COM VOCÊ!" com uma faca no pescoço, eu dizia a mim mesma que aquilo não estava acontecendo. naquele tempo eu ainda brincava de boneca, nem sabia o que era sexo, mas mesmo assim ele pôs camisinha e ...
Nunca vou esquecer das piores dores que senti. eu batia nele, tentava impedir mas levava 1 troco 5 vezes pior. no fim, quando eu estava cansada e praticamente desmaiada, soltou as cordas e saiu. alguma coisa me fez levantar. morrendo de raiva, tomada por uma força inexplicável, levantei e peguei a faca que tinha deixado no local e fui atrás dele. ele ficou surpreso em me ver de pé com a faca na mão e veio para cima de mim. de olhos fechados enfiei a faca bem fundo na barriga dele. ele caiu no chão dizendo que "eu ia pagar caro por isso!"
Peguei minhas roupas e minha mochila, vesti e saí correndo chorando sem ninguém me ver, peguei 1 ônibus qualquer e fugi!
Até hoje não sei onde fui parar, não sei que ônibus peguei, só sei que me achei em algum bairro perguntando qual ônibus pegar. senti dores dias após dias. e até hoje não contei para ninguém, apenas para o meu 1° namorado quando tinha 16 anos. ele me ajudou muito, e prometeu que iria fazer eu me recuperar do trauma e cumpriu: a minha primeira vez com ele foi mágica, muito carinhosa e romântica, até porque eu sentia 1 amor intenso por ele que nunca havia sentido antes. e serei grata pelo resto da vida!
Meus pais não sabem desse acontecimento e pretendo não contar. não quero que eles sofram por mim o que já sofri, e até porque já superei e hoje tenho meu 2° namorado e vivo muito bem sexualmente, porque o amor supera, derruba todas as barreiras e ainda por cima cura o incurável!
Eu queria dar 1 aviso. você que é mãe ou pai, cuidem dos seus filhos o máximo que puderem, sejam amigos, sejam compreensivos. assim seus filhos nunca vão esconder nada de vocês. liguem quantas vezes puderem, só para saber se está tudo sob controle!
Eu já fiz exame ginecológico, e graças à Deus não tenho nada!


Enviado por: Ellen.
Imagem: gotadepoetano.blogspot.

12 comentários:

João Bosco Guimaraes Mafra disse...

Infância perdida por causa de uma besta humana.
Tantos e tantos casos como este relatado acontecem diariamente neste país e as autoridades não querem saber de nada.
Um dia este país terá jeito.
PENA DE MORTE JA!

João Bosco
jotabemafra.blogspot.com

Natasha Piervy disse...

Depois dizem que monstros não existem, esse é apenas um exemplo de vários que existem por aí

Anônimo disse...

Sinceramente é imaginavel o que alguns seres humanos (se é assim que podem ser referidos como) são capazes de fazer. Parabens pela sua coragem, pois eu acredito que nao teria a mesma..

Anônimo disse...

não me convenceu muito,,

Anônimo disse...

Paia.

Dando um Google disse...

Olá boa Tarde,passo pra convidar a partiucipar do nosso site que está
com estrutura nova,agora você pode divulgar seu site enviando resumos
ou links para http://www.dandoumgoogle.com/ e assim receber muitas
visitas no seu site ou blog.Basta entrar no link
indicado e se cadastrar,não precisa confirmar seu cadastro no email é só
se cadastrar e se logar.


boa tarde...

helena =] disse...

É foda!

Nill disse...

Eu duvido que isso tenha acontecido, principalmente pq brasileiros não costumam dizer "Você vai pagar caro por isso" ela enfiou a faca na barriga dele? um cara que dava socos 5 vezes pior... menina, aprenda a ser mais convincente, pois se vc tivesse dito que tinha gostado da situação toda teria convencido melhor...

Anônimo disse...

será q ninguém percebe q é tudo fake nesse blog, cara tosco, todos os casos inventados, será q todas as "mulheres" relatadas tem os mesmos vícios de linguagem e o mesmo estilo??
seja mais criativo brother!!

Neusa Fiesta disse...

O aviso que vc dá aos pais é importante! Nunca se sabe com quem nossos filhos irão se deparar quando estão fora de casa. Mas, o mais importante é que vc conseguiu superar
e tocar sua vida normalmente!

BEIJOSSS

Ana Clara Barros disse...

Essa estoria da faca afffff conta outra vai! e como q os pais nao viram nada, se vc chegou toda zoada?

Anônimo disse...

Parece mentira, mas se for verdade, você é pior que ele: você o matou! Assassina! Monstro!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...